OLHO POR OLHO-DESERTO

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in , , , | Posted on 16:36

formação atual com Marcelo(vocal),Pedro(guitarra) e Cicero  Mago(bateria)
banda anarquista sergipana.
Banda grind noise core, formada em Aracaju- SE em junho de 1991, por Xavier( guitarra), Marcelo Prata( vocal) e Paulo( bateria). Com essa formação aconteceram alguns ensaios e Paulo acaba saindo, o substituindo Chico Batera. Com essa formação os ensaios tornam-se frequentes e a banda apresenta-se pela primeira vez na gig SUBNUTRIÇÃO em 27 de junho 1991, juntamente com as bandas: CLEPTOMANIA, CAMBOJA, REFUGO DE BELSEN, ALUCINOSE ALUCINÓGENA, ANAL PUTREFACTION e a lendária LOGORRÉIA. Em 1992 a banda iniciou as atividades lançando uma demo ensaio intitulada de A BEIRA DO CAOS.19/01.1992. No mesmo ano a banda utilisando um gravador monofônico gravou algumas demo ensaios, que acabou apenas sendo distribuídas entre amigos próximos, não sendo lançadas oficialmente. Em 2002 a banda produz um novo álbum intitulado DESERTO, contando com a seguinte formação: Chico Batera(bateria), Alessandro Santana "cabelo"(guitarra), Cicero Mago(baixo) e Marcelo Prata( vocal) No mesmo ano a banda se apresentou no barulho III, em 09 de março, na orla da Atalaia em Aracaju, com as bandas PUTREFAÇÃO HUMANA, CICATRIZ E AGIR. No NATAL NEGRO realizado em 24/12/2002 a banda também se apresentou. Em 2004 a OLHO POR OLHO volta a se apresentar no BARULHO IV, juntamente com as bandas: P.H. AGIR, SUBLEVAÇÃO E REAÇÃO e no ENSAIO ABERTO em 07 de fervereiro de 2004, com a participação do grupo psicodélico/progressivo O VENTO AZUL DO SOM, P.H. e outras. Deste ensaio aberto CABELO de forma heróica resgatou gravações recentemente digitalizadas na qual conta com um cover da banda MODULO 1000, vanguardista conjunto psicodelico brasileiro dos idos de 70. Em 10 de julho a banda foi convidada mas não conseguiu tocar na INVASÃO realizado em POÇO REDONDO -SE. Após um breve intervalo, o OLHO POR OLHO retorna em 2007 com a seguinte formação : Cícero Mago(baixo), Marcelo Prata( vocal), Ulisses Guaraní(bateria), Pedro Pascoini( guitarra), produzindo alguns sons que estão presentes no projeto O SOMA,um LP lançado pelo selo libertário BADOH NEGRO, junto com as bandas O VENTO AZUL DO SOM e PSYCHEDÉLIC DOWN. O OLHO POR OLHO foi convidado para participar do IX FEST CORE na cidade de Aracaju/SE em 15 de setembro de 2007, onde apresentou sons da demo A BEIRA DO CAOS e DESERTO. Posteriormente o grupo gravou no final de 2009, alguns sons para a produção do album "grind/noise core,contando com a seguinte formação: Cícero Mago ( bateria e voz), Pedro Pascoini( BAIXO),Alessandro Santana ( guitarra) Marcelo Prata( vocal). Alessandro sai do olho por olho e Pedro Pascoini assume a guitarra e em 2008 novos sons são gravados para a complementação do album "grind/noise core" Desde então, o grupo vem se apresentando em diversos lugares e continua firme e na ativa ate hoje. Saúde e Anarkia ! grind core ! noise !

Baixe aqui
              http://www.4shared.com/file/XaLKoYfD/olho_por_olho-deserto.html




KARNE KRUA- AS MERDAS DO SISTEMA 1987

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in , , , | Posted on 19:00


O nome Karne Kua foi escolhido numa seleção de ma is de 30 nomes feita por Silvio e Almada no início de 1985, e sua primeira apresentação se deu em março de 1986 no Campus Universitário. A banda foi formada com a proposta de fazer um som rápido e calcado em ideais libertários, buscando inspirações no Rock'n'Roll e na Anarquia, ideologicamente falando. Nunca foi uma banda presa a rótulos, o que originou um som mesclado, que funde vários estilos musicais e antimusicais, sustentados pelo seu maior alicerce, o Punk Rock/Hard Core. Educação, cultura, arte e história são valores perseguidos por qualquer povo que tente usar, no sentido mais amplo e verdadeiro da palavra, o conceito de nação. São indicadores que formam o perfil de uma comunidade por isso estão sempre interligados como elos de uma mesma corrente. A arte, manifestada em forma de musica, conta a historia e retrata fielmente os anseios e problemas da humanidade. Mas é principalmente para o país e região em que vivemos que direcionamos o potencial do nosso trabalho. Com 25 anos de existência a Karne Krua continua cheia de entusiasmo e energia para mostrar a todos um trabalho feito com sentimento e muito labor. Amor e ódio são os ingredientes num caráter totalmente alternativo. Nunca prendeu-se ou limitou-se a rótulos; agindo naturalmente durante todo esse tempo de estrada, os vários estilos que compõem a música “pesada” foram modelando o que hoje é a banda, mas sempre tendo como os maiores alicerces o punk rock, o hardcore e o rock n’ roll. Através dos fanzines e revistas a Karne Krua conseguiu uma grande penetração no circuito nacional, via de fato o único meio para aqueles que não trabalham com pretensão mercadológica. Enfim: é uma banda muito conhecida no circuito alternativo e assim conseguiu um reconhecimento positivo que vai além das fronteiras contíguas ou não. Contudo isso não os fazem sentirem-se melhores nem piores que ninguém; são carregados de atitudes muito simples, afinal de contas o que fazem é de homem para homem, de humanos para humanos, da Karne Krua pra as carnes cruas.



INTROSPECTION & MORCEGOS-"KEEPPER THE EVIL REAL"-SPLIT

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in , , , , | Posted on 14:49

               BANDAS ALAGOANAS LANÇAM SPLIT

     AS BANDAS
  INTROSPECTION DE DEATH METAL
                E                  
  MORCEGOS DE METAL EXTREMO
  ACABAM DE LANÇAR  UM SPLIT CD                                      
  INTITULADO"KEEPPER THE EV
 IL REAL"                                                   

  CONTENDO 5 FAIXAS DE CADA BANDA                            
         BAIXEM GRATIS:
  

    http://www.4shared.com/file/DpVaHIhI/SPLIT-KEPEER_THE_EVIL_REAL-MOR.html

COLETANEA VIRTUAL ATTACK VOL.1

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in | Posted on 20:02

A PURGATORIUS RECORDS está organizando uma compilação com bandas de todos os estilos musicais que estejam dentro do padrão rock'n'roll,seja; METAL,PUNK,TRASH,BLUES,NOISE,HARSH,BLUES,GRINDCORE,HARDCORE,etc., interessados em participar é simples basta enviar os sons da banda para a produção,junto com uma arte no tamanho 12x12 com os infos e se possível fotos da banda para o seguinte endereço; rocknacasadopadre@gmail.com,a coletanea será divulgada no blog e distribuida via download.
Bandas confirmadas;
DORDEOUVIDO(MS)
DEMONTERROR(MS)
REPÚDIO CxGx(MS)
CONSCIENCIA SUBURBANA(MG)
OLHO POR OLHO(SE)
ATAQUE CARDIACO(AL)
MORCEGOS(AL)
MALACO VÉIO(BA)
SFLEXIA(MG)
CU SUJO(RS)
OLIGARQUIA(SP)
ÓDIO SOCIAL(SP)
CHAOTIC SOUND(PE)


Só restam sete vagas,então não percam tempo.
rocknacasadopadre@gmail.com

THIAGO "DOG" NEUMANN UM ARTISTA DA PORRA

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in | Posted on 14:14


 Segue um monte de desenhos feitos por esse cara que na minha opinião é um dos grandes desenhistas do Nordeste,alguns desses desenhos já são conhecidos pelo público ROCK AND ROLL,eles estão no seu estado bruto de criação,divirtam-se e se possível visitem a pagina do cara e confiram outras preciosidades.

o gênio












Curtiu então visite essas paginas e confiram mais;
http://dogsdraw.deviantart.com/gallery/
http://www.fotolog.com.br/chucrotz_

MORCEGOS GRAVANDO MAIS UM TRABALHO

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in , , , | Posted on 18:07


O MORCEGOS PREPARA NOVO TRABALHO PARA O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2011
SERÁ MAIS UM TRABALHO CONCEITUAL CONTANDO A TRAJETORIA DE UM CARA QUE NARRA UMA   HISTORIA SOBRE UMA MULHER DEMONIACA ,E TEM A MISSÃO DE CONQUISTA-LA
ANTES DA NOITE TERMINAR.
SERÁ UM TRABALHO DISPONIBILIZADO
PARA OS FÃS BAIXAREM GRATUITAMENTE
COM 11 FAIXAS,LETRAS,CAPA ,CONTRA CAPA
FICHA TECNICA ENCARTE COMPLETO
O NOME DO TRAMPO É "BEFORE THE EVENING IS THROUGH"
E TRARÁ COMO SEMPRE,CRUEZA,TOSQUEIRA,BARULHEIRA
E FIDELIDADE AO ESTILO EXTREMO CRIADO PELA BANDA
AGORA É SÓ AGUARDAR 
CONTATO 
DISCOGRAFIA

LOGORRÉIA-CEMITÉRIO DOS HORRORES

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in , , , | Posted on 18:04


 A LOGORRÉIA começou suas atividades em meados de 1987,teve varias formações,sendo a mais estável a que gravou a DEMO TAPE intitulada de "CAOS POSITIVO" com a seguinte formação;
CEBOLA(vocal e bateria)
ROBÉRIO(baixo)
SILVIO(guitarra e vocal)
formação clássica


capinha da demo tape(em breve sera postado)

capinha do tape coletanea FÚRIA E ODIO
a LOGORRÉIA foi a primeira banda sergipana a seguir uma linha GRINDCORE especificamente,tocaram várias vezes com bandas locais e de fora do estado.Participaram da coletanea FÚRIA E ÓDIO 2 (a original lançada em 1990 pelo zine BURACAJU editado pelo SILVIO),também participou da coletanea local GRITOS DE LIBERDADE junto com as bandas;MANIKOMIO,DEUTERONOMIO e KARNE KRUA.
formação classica
A LOGORRÉIA encerrou suas atividades em meados dos anos 90,tendo o seu retorno em 2007 com uma nova formação com o irmão do antigo baterista CICERO MAGO(PUTREFAÇÃO HUMANA/OLHO POR OLHO) assumindo o seu lugar na bateria e com um novo vocalista o CHACAL  e o SILVIO assumindo a guitarra com essa formação a banda grava a DEMO "CEMITÉRIO DOS HORRORES",CHACAL sai da banda e entra em seu lugar  o NININHO(baixo) e o SILVIO assumi também os vocais,até o inicio de 2011 a banda promete lançar um novo material,ficamos no aguardo.enquanto isso se deliciem com essa que estou postando,baixem e confiram.
                                                  http://www.4shared.com/file/b8_nclCQ/logorreia.html
SILVIO(VOCAL E GUITARRA)

CICERO MAGO(BATERIA)
NININHO(BAIXO)
                                           MYSPACE   http://www.myspace.com/logorreia

DOR DE OUVIDO-MIX RELEASE

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in , , , | Posted on 10:00


http://www.4shared.com/file/u7vtF7UX/DxDxOx_COLETANEA_JUAN_CHILE_un.html

MAMUTES-SINGLE

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in , , , | Posted on 20:04

Calçada na sonoridade setentista do hard-rock, proto-punk e do blues, os MAMUTES avançam numa manada potente e destruidora com o simples instinto da sobrevivência. A sobrevivência do rock and roll! Os MAMUTES são: Karl di Lyon (voz, rugidos), Thiago Sandes (baixo, voz), Marcos Odara (bateria, voz) e Rick Maia (guitarra, voz). Destacam-se por ser a primeira banda de rock de Aracaju, onde a maioria dos componentes mora numa mesma casa, a “Mamutes House”. Casa esta, ponto de encontro de grandes músicos, poetas e artistas de todos os tipos, hospedando até bandas e músicos de outros estados. A moradia e local de ensaio da banda é também palco de inúmeras Jam´s com todos que chegam por lá.
Uma vez reunidos em meados de 2006, a nova manada sentiu logo de inicio, que algo consistente estava por vir. Um novo som harmônico, melódico e original ao mesmo tempo em que, barulhento, nervoso e raiz. Esta variedade de elementos que se combinam para formar uma unidade rock and roll especial, despertou nos componentes a possibilidade de fazer um projeto grandioso.
Tão grandioso que pra representar toda energia e potência dessa simbiose, era necessário um nome forte, com pegada e selvagem. 
Assim, nasceram os MAMUTES. Segue o novo single gravado entre fevereiro e Agosto de 2010 no Caranguejo Records. Aracaju/SE/Brasil
Técnico de gravação: Anselmo
Mixagem: Leo Airplane
Produção: Rick Maia
Arranjos: Mamutes
A Dama de Brand nessa gravação;
Karl di Lion - voz e castanholas em noturna
Rick Maia - Guitarra, vocal e violão
Thiago Sandes - baixo
Marcos Odara - bateria e voz
Trompete em Noturna: Alexandre
1 - A Dama de Branco
    (Di Lion, Maia)
2 - Noturna
    (Di Lion, Maia)
3 - TE Deixando Meu Bye By                                                (Di lion, Navas)
                                http://www.4shared.com/file/JB_8A7yW/SingleMamutes.html
Flog: http://www.fotolog.net/mamutesmusic

Myspace: http://www.myspace.com/mamutesmusic

GRINDNOISECORE-COMPILAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in , , | Posted on 18:20




Coletanea lançada pela SETEMBRO HC CHAOS DISTRO em 2002 com as bandas HATE CORROSION,MASSACRE CACOFONICO AUDITIVO,STOMACHAL CORROSION,VIOLENTA DIZIMAÇÃO,NO PREJUDICE,OLHO POR OLHO,PUTREFAÇÃO HUMANA,ROT,NAUZO,NOISE SIMPHONY,M.D.K. e MASHER.
                            

http://www.4shared.com/file/nsmzvua_/grindnoisecore-compilao_sem_fi.htm

PROGRAMA DE ROCK-APERIPÊ FM 104,9

0

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in | Posted on 17:46


Toda sexta a partir das 20:00 em Aracaju pela 104,9 Aperipê FM - A rádio pública de Sergipe. Na internet, ouça ao vivo em www.aperipe.se.gov.br - Contato: programaderock@hotmail.com. O programa de rock é uma produção independente, feito de forma voluntária e sem fins lucrativos. Existe no radio desde 30 de março de 2007. Foi pensado, produzido e apresentado, em seus primeiros dois anos no ar, por Fabio Snoozer e Adelvan Kenobi. Atualmente é pilotado apenas por Adelvan - com inestimáveis contribuições veiculadas no quadro "Bloco do ouvinte".                                                                                                                        Tornou-se referencia para os amantes do rock and roll em todas as suas manifestações no estado de Sergipe, alcançando inclusive repercussão Nacional ao ser indicado para o Premio Dynamite 2008 na Categoria Melhor programa de radio. A seleção musical abrange os aspectos mais amplos possíveis, buscando levar à sua audiência não apenas as novas tendências, mas também relembrar clássicos do passado, resgatar musicas e bandas de qualidade que por um motivo ou outro ficaram esquecidas ou relegadas a guetos e garagens, bem como trazer ao dial a riquíssima produção independente de Sergipe, do Brasil e do mundo.




JAMSON MADUREIRA-PERFIL DE UM ARTISTA UNDERGROUND e CAMBOJA

1

Posted by PURGATORIUS RECORDS | Posted in | Posted on 15:54

Lá pelos idos de 1996 o nome Jamsom Madureira aparecia na cena artística underground sergipana como líder de uma banda industrial/ minimalista chamada Camboja. A banda já existia desde o inicio da década, e foi formada por amigos que moravam no conjunto Marcos Freire, em Nossa Senhora do Socorro, região metropolitana de Aracaju, com o intuito de fazer um som grindcore.
Os shows dos caras eram um caos, mas o que chamava mesmo a atenção (além da perfomance alucinada do vocalista Fúria) era a arte que emoldurava o material “promocional” da banda, releases e capinhas da fitas demo. Era um traço estilizado, com uma excelente utilização do contraste claro/escuro e óbvia inspiração no que de melhor existia nos quadrinhos alternativos da época. A arte de Jamson Madureira aparecia para o mundo, via circuito “alternativo” ( leia-se troca de zines e demos pelo correio ).
A formação da banda começou a mudar, mas isso não importava. Era a típica banda-de-um-homem-só. Ecos de grindcore nos vocais berrados e a guitarra velha extremamente suja e desafinada, tocada “com vontade”, era o que importava. Após a saída de todos os primeiros componentes, depois do lançamento da primeira demo, “Grind to grind”, Jamson abandonou as baquetas e passou a assumir vocais e guitarras, revelendo-se um exímio criador de riffs matadores e de melodias grudentas que compunham uma musica minimalista ao extremo, na maioria das vezes se resumindo à repetição de uma frase pro cima de um riff de guitarra.Isso após um breve período acompanhado por uma bateria eletrônica primitiva e tosca, que ele abandonou para recrutar, para as baquetas, Wesley, já velho conhecido de bandas punk/hc/grind como ETC e Lipofrenia, e o “velho guerreiro” Sylvio Suburbano, fundador da Karne Krua, para a outra guitarra. Sem contrabaixo, “pra não atrapalhar”, nas palavras de Madureira. Gravaram mais uma demo caseira que se tornou um pequeno clássico “udigrudi”, intitulada “Lies about freedom”, e em seguida entraram finalmente em estúdio paras uma terceira demo, dessa vez acompanhados por um baixista, por pura insistência do mesmo, que vinha a ser Marlio, baixista da Karne Krua e outro fiel colaborador, sempre colocando sua casa a disposição nos fins de semana para os ensaios.
Mais tarde, por volta de 1998, Madureira revelou-se também artista plástico. Seus quadros foram exibidos durante o festival Rock-SE, realizado no fim de outubro daquele ano. O estilo arrojado e altamente influenciado por quadrinhos deixou muita gente de queixo caído. Como assim esse cara é de Sergipe, aquele mesmo doido do Camboja? Bananeiras, retratos de igreja e natureza morta, além de cavalos, muitos cavalos, eram a idéia que a maioria tinha de arte sergipana. Porém, a arte de Jamson não tem raiz alguma com o que já se fez no Estado. Como já disse, quadrinhos são a grande referência. Nada no estilo super-herói, é claro. As reverberações vão de Bill Sienkiewicz (da clássica mini-série Elektra Assassina), a viagens quadrinísticas em forma de graphic novel, como “Blood” ou “Ás Inimigo – Um Poema de Guerra”, este último de George Pratt. Mesmo assim, essa tentativa de aproximação em nada resume a dimensão da arte de Jamson.
O caos de 68, poemas dadaístas e a música de John Cage talvez ajude. Ou melhor, não é nada disso. Não há nada tão abstrato num elefante. Ou uma colher. O que importa é o traço, ou garrancho, ou simplesmente as partes do quadro perfuradas por algum instrumento estranho aos manuais de artes plásticas. Sua arte pintada seguia de um certo modo a mesma concepção de sua musica, minimalista, feita de signos e de imagens urbanas, paranóias e fixações. Experimentalismo, talvez seja por aí.Aos poucos, mesmo sem nenhum esforço pessoal do artista, a arte de Madureira foi chamando a atenção de mais e mais pessoas, inclusive daaquelas distantes do mundinho do rock onde vivia, o que o levou a produzir de capa de disco pra banda de rock (snooze, “waking up waking down) a ilustrações de livros de poesia (de Araripe Coutinho e do hoje ministro do Supremo Tribunal Federal Carlos Ayres de Brito). Depois de um tempo pintando sem parar, cansou dessa vida de exposições conjuntas em Assembléias Legislativas, galerias de arte convencionais e “mercados pop”. Parou de pintar. Assim como o Camboja se dissolveu bem antes, com três demo-tapes servindo de legado. Eventualmente ele apareceu com outra banda, a Madame Tubarão, com um som meio “surf garageiro”. No mínimo, autêntico.Madureira voltou a exibir seu talento distribuindo fanzines – mesmo sendo já coisa do passado, da era pré-Internet –, apresentando sua criação para o mundo dos quadrinhos. Automazo e a Amante do Mutante foi feita e desenhada a mão, xerocada e distribuída pra quem ele bem entendesse. Sortudos os que guardam suas cópias. Uma versão em html chegou a ser feita, mas não tenho notícia de ter sido posta na net. O estilo apresentado é típico Madureira, versão HQ.
O texto, uma linguagem solta e inspirada, em cima de argumento beirando o surrealismo. A série perdura até hoje. Quando você menos espera lá vem Madureira com mais algumas historinhas em quadrinhos simples e ao mesmo tempo herméticas, rebuscadas e rabiscadas, xerocadas e distribuidas sem nenhum compromisso a não ser o mais nobre, a necessidade de se comunicar, mesmo que de forma torta, enviezada e deliciosamente anacrônica. Camisas foram feitas com o personagem.

Jamsom até voltou a exibir em galeria de arte, usando os originais dos fanzines, foi tema de matéria em jornal local e foi, inclusive, esse ano, convidado a participar, como único representante do estado de Sergipe, de uma mostra nacional de novos (novos? Melhor dizer “desconhecidos”) talentos na Funarte, no Rio de janeiro. Resta a nós, pobres mortais, esperar e torcer pelo próximo passo do mestre. Texto por Adelvan Kenobi e Fabio Snooze, publicado originalmente no site Overmundo (www.overmundo.com.br) e no blog Escarro Napalm (www.escarronapalm.blogspot.com)

baixem o material e confira

videos

Loading...